Os quatro elementos da natureza, Fogo, Terra, Água e Ar, vistos através dos olhos da alquimia antiga, fazem parte da natureza de todo ser humano, sua constituição física e também emocional.

No aspecto emocional, os 4 elementos foram a base para a primeira classificação de Hipocrates e posteriormente Carl Jung, influenciado até hoje as mais modernas classificações de perfis psicológicos, apenas adaptando os nomes.

Os elementos, são capazes de influenciar o nosso estado momentâneo e também nosso estado permanente.

Deveriamos, em estado de plenitude ter os 4 elementos em equilíbrio em nossa personalidade, porém na maioria das vezes nos “viciamos” em determinado elemento, tornando-o nossa personalidade permanente.

O elemento não é o o nosso verdadeiro Eu, quem somos, mas sim influencia em como estamos. Em outras palavras: não somos, estamos um determinado elemento.

Enquanto os elementos Fogo e Terra transbordam na natureza do sexo masculino, Água e Ar são os mais estimulados pelo sexo feminino. Da mesma forma que a natureza precisa dos quatro elementos na medida certa para operar, nós funcionamos da mesma maneira. Por isso, o desequilíbrio de algum dos elementos pode causar uma série de disfunções físicas, mentais ou emocionais.

A água é nossa vida emocional, são os nossos afetos, é o inconsciente, ele é fluido, a gente não consegue pegar, ele escapa.

A terra é a nossa realidade, é o concreto, é o mundo terreno, é a criatividade, é a fertilidade. Se existe uma terra árida, onde nada nasce, se está faltando minerais naquela terra… não adianta querer arrumar o jardim com uma terra que está infértil.

O ar, por exemplo, está relacionado com o pensar, com o mundo das ideias, com o conhecimento… É a consciência, é a inteligência na sua mais alta forma, a sabedoria.

o fogo é a chama que nos anima. É o calor que aquece, mas se em excesso pode queimar. O fogo é a arte do analista, é você saber até onde você pode aumentar o fogo, a hora que você tem que abaixar o fogo.

Esses elementos precisam estar todos em equilíbrio dentro de nós e conforme a vamos conseguindo esse equilíbrio dos elementos é que evoluímos e manifestamos a plenitude.

FOGO

Energia e motivação pela vida são as principais características deste elemento. É ele quem nos dá o impulso para iniciar nossos projetos e ir em busca de nossos sonhos. O excesso do elemento Fogo pode ressaltar traços agressivos e violentos em nosso comportamento ou, sua falta, pode acentuar a apatia e depressão por falta de vontade de se fazer qualquer coisa.

TERRA

 

elemento Terra é o responsável pela materialização, por dar forma aos projetos, torná-los palpáveis e concretizá-los, está ligado também a prosperidade, o poder da criação e multiplicação.

É o elemento da realização, ele sustenta nossas pretensões e nos dá a estabilidade para realizá-las. O desequilíbrio desse elemento faz com que a pessoa se torne mesquinha e sem discernimento ou, de maneira oposta, faz com que se livre exageradamente de tudo e passe a doar tudo o que tem de forma culposa.

ÁGUA

Água é o elemento que nos transmite a sensação de equilíbrio sociabilidade, responsável pela adaptação.

O desequilíbrio do elemento água faz com que a pessoa não consiga conviver bem com ninguém ao seu redor, se torna áspera e revoltada, cria um forte complexo de defesa e se torna muitas vezes dono da verdade e sem compaixão ou, dependente e dramática, não consegue ficar sozinha e se vê como a vítima de todas as situações.

 

AR

elemento Ar é o responsável pelo discernimento e a intelectualidade.

O excesso do elemento Ar faz com que a pessoa fale e pense exageradamente, de tudo sabe, mas não chega a nenhuma conclusão por estar mentalmente muito estimulada. Enquanto na escassez do elemento Ar, a pessoa pode perder o rumo do controle mental. Vive no mundo da lua, divagando em torno de sonhos e devaneios. Torna-se impaciente e, muitas vezes, quando contrariada, agressiva verbalmente.

PRÓXIMOS PASSOS

Como você se auto avalia em relação ao que viu acima?

acha que há algum elemento em excesso ou faltando em você?

Quer saber mais, entre em contato para saber como a Alquimia pode ajudar você a ir mais longe!

DEIXE SEU COMENTÁRIO ABAIXO 😉

Espero que você tenha gostado de aprender sobre este tema, tanto quanto eu gostei de escreve-lo para você.

 

 

Dicas Alquímicas

 

  • Onde houver ódio, leve o amor.
  • Onde houver ofensa, leve o perdão.
  • Onde houver discórdia,  leve a união.
  • Onde houver dúvidas,  leve a fé.
  • Onde houver erro, leve a verdade.
  • Onde houver desespero,  leve a esperança.
  • Onde houver tristeza, leve a alegria.
  • Onde houver trevas,  leve a luz.

Inscreva-se no site e receba dicas e ferramentas práticas para sua manifestar sua plenitude, prosperidade e verdade.

 

 



Leave a Reply

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.